Web Rádio

Na primeira Sessão Ordinária ocorrida no dia 19 de Fevereiro de 2019, O Vereador Henrique de João Gogó/PSC, faz o uso da tribuna.

- Administrador - - 25 de março de 2019 | - 6:53 - - Home »

Na primeira Sessão Ordinária ocorrida no dia 19 de Fevereiro de 2019, O Vereador Henrique de João Gogó/PSC, discorreu sobre duas indicações de sua autoria as quais já se encontram protocoladas na Casa Legislativa e fez alguns questionamentos contra gestão. Uma das indicações cobra a passagem de carro “fumacê” em pontos do município onde há incidência de focos do mosquito Aedes Aegypti, por conta da suspeita de casos de Dengue. Há outra indicação solicita ao Município o envio de um Projeto de Lei para apreciação da Câmara o qual concede adicional de periculosidade aos vigilantes e agentes patrimoniais do Município.

Em seu discurso, o vereador destacou a precariedade do transporte escolar e o fato de munícipes que estão morrendo de dengue.

1- Na União dos Conselheiros de 04 transportes escolares, apenas 02 chegaram à escola no primeiro dia de aula.

2- Na Lagoa do Roçado faltou o transporte escolar no primeiro dia. O motorista do transporte é conhecido como Zé da Onça.

3- Na Lagoa da Entrada, pais de alunos passaram dois anos reclamando de uma Kombi, a qual a porta caía. Esse ano, mudou para uma Topic, mas os pais reclamam que essa, a porta nem tranca tem e quase não sobe as ladeiras.

4 – Segundo día de aula e no povoado Lagoa da Entrada não teve transporte escolar. Os estudantes estão numa situação difícil, inclusive as crianças, estão em pânico com esse tipo de transporte precário.

5- falou também da situação precária de algumas estradas e que vem cobrando direto uma atenção da gestão para com os pequenos agricultores que precisam das máquinas para limpeza de tanques e não foram atendidos. Antes usaram que as máquinas estavam paradas esperando o deputado André para desfilar com elas, eu disse e repito o deputado estaria feliz chegando aqui sabendo que o maquinário serviu a população carente do nosso município, agora vão alegar que não faz porque choveu e com isso nossa população ficou desasistida dessas ações que só traria fortalecimento ao pequeno agricultor.

6- Ao final, ele externou os seus sentimentos e de toda população à família da menor Maria Cecilia, criança que teve sua vida interrompida pelo mosquito transmissor da dengue, ao tempo que aproveitou para cobrar da secretária de saúde, ações de urgências, pois a população está vivenciando o terceiro caso de dengue no Município, aonde existem também, vários outros relatos.

Deixe uma resposta

EXPEDIENTE

Praça Presidente Médici, nº 35, Monte Alegre de Sergipe, SE - CEP: 49690.000
Horário de atendimento ao cidadão.
Segunda a Sexta, 7h as 13h

CANAIS DE ATENDIMENTO

Câmara Municipal de Monte Alegre de Sergipe - CNPJ Nº 01.634.711/0001-80
contato@camarademontealegre.se.gov.br - Telefax: (79) 99687-7465
Formulário de Contato - e-SIC Serviço de Atendimento ao Cidadão
Skip to content