Web Rádio

Lados partidários e denúncia sobre eventos na praça pública marcam a 57ª sessão

- Fredson Pereira - - 24 de outubro de 2018 | - 6:49 - - Home »

Junior Farias partilha reflexão sobre situação Política

O vereador Junior Farias do PR usou a tribuna na sessão 57ª ordinária, para parabenizar o ex-prefeito do município, Tonhão, pela sua escolha partidária. Junior falou sobre uma reflexão presenciada via WhatsApp, ao que se referia, ao povo sertanejo eu espero que nesse dia, 28 de outubro, lembre que quando ele sair com sua moto, não saberá se voltará com ela, e que ao abrir a torneira não saberá se terá água…, O vereador frisou esses e outros quesitos mediante a fatos ocorrentes na região do sertão, frisando as dificuldades assoladas ao povo do sertão, para que analisem bem o voto na próxima eleição do dia, 28 de outubro.

eu vi na internet no grupo de WhatsApp e achei bem propício já que essa é a última sessão antes do pleito Eleitoral do segundo turno, especialmente para nós sertanejos no que se referiu ao povo do sertão, ao povo sertanejo disse.

 

Bíbia do Couro esclarece escolha partidária

O vereador Bíbia do Couro do PSC usou a tribuna na sessão 57ª ordinária, para explanar a população de Monte Alegre que se o Governador que está concorrendo a reeleição no segundo turno for reeleito, será com seu próprio voto, minhas decisões próprias quem toma sou eu, o trabalho quem faz sou eu, cada um de nós políticos temos um rumo de trabalho e temos o direito a escolher aquele que queremos, disse.

Bíbia ainda deixou claro que, desde o domingo da eleição, 07 de outubro, tomou a decisão junto a sua família e alguns amigos, “aqueles que sempre me seguem”, disse que quis mostrar que não é dominado por nenhum poder político, e que tira o chapéu para cada um que votar em seus candidatos.

 

Dorge de Paco Paco faz denúncia sobre eventos realizados no município

O vereador Dorge de Paco Paco do PSB usou a tribuna na sessão 57ª ordinária, para expor um assunto sério e denunciar fatos ocorrentes que segundo ele, nas realizações de eventos no município. Dorge cobrou apoio dos nobres colegas de bancadas sobre tal fato, “recebi uma denúncia acerca dos eventos acontecidos nessa cidade, sabemos que tem dois promotores de eventos”. O vereador abordou, ter informações que alguém vem sendo beneficiado com a praça de eventos do município, “na praça de eventos que é do povo”, é gerenciada pelo o município, gestor maior, e a praça de eventos toda vez que se precisar realizar, há disputa entre promotores de eventos. Para marcar as datas de eventos, existe um lado favorecido obtendo o apoio do município, “sempre sai na linha de frente e fica marcando várias e várias datas e depois se beneficiando” disse.

O parlamentar fez questão de frisar ao tocante que, tem denúncia que no ano passado na mesma data onde ocorreu um evento denominado “Natal Alegre”, foi criado por outro promotor de eventos e que mais uma vez marcou na mesma data, pressionando na hora H para não realização.  Segundo Dorge, quando um outro promotor marca um evento, aparecer o outro lado marcando na mesma data, prejudicando um lado, no que é um espaço público, de direitos iguais.

quero deixar registrado ao pares desta casa para que alguém da gestão, alguém do leito da prefeita, tomem providencias para que se isso não possa voltar a acontecer, e se acontecer,  irei levar a denúncia ao Ministério Público, para que venha ser apurado, como é que pode você tá vendendo o espaço que é público em benefício próprio”, concluiu.

 

Sérgio da Geladeira defende escolha partidária e diz que segue lado

 O vereador Sérgio da Geladeira do PT usou a tribuna na sessão 57ª ordinária, para fazer jus sobre seu candidato a reeleição nas eleições do próximo domingo, 28 de outubro. O vereador defendeu sobre polêmicas em pega de motos atrasadas na região em gestão passada, explanando que, já esteve em busca de recursos para não ocorrer, mas que “existe uma Lei” palavras do secretário, responsável da época, não sou favor de blitz, e sim da lei”, explanou Sérgio que no tocante ao tema,  não há o que descumprir, se a lei exige, o vereador não tem força para descumpri-las. Sérgio disse que vice é uma coisa, titular outra, o que foi feito é recorrente a administração passada, e que cada história tem uma proporção diferente, acreditando que um candidato não pode ser julgado por causa do outro e que situações parelhas não irão ocorrer.

DA ASSESSORIA

 

   

 

 

 

 

Deixe uma resposta

EXPEDIENTE

Praça Presidente Médici, nº 35, Monte Alegre de Sergipe, SE - CEP: 49690.000
Horário de atendimento ao cidadão.
Segunda a Sexta, 7h as 13h

CANAIS DE ATENDIMENTO

Câmara Municipal de Monte Alegre de Sergipe - CNPJ Nº 01.634.711/0001-80
contato@camarademontealegre.se.gov.br - Telefax: (79) 99687-7465
Formulário de Contato - e-SIC Serviço de Atendimento ao Cidadão
Skip to content